Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

As notícias campeãs de 2018 no Facebook de VEJA

Do debate com candidatos a vice-presidente à notícia de que Aécio Neves foi eleito deputado federal em Minas Gerais

As principais notícias do ano ganharam destaque nas redes sociais de VEJA — no Facebook, muitas delas engajaram os mais de sete milhões de seguidores da página. Das quase 18 mil postagens feitas ao longo de 2018, o debate promovido por VEJA com os candidatos a vice-presidente da República foi a notícia mais comentada do ano. Já o depoimento emocionante da professora Ana Beatriz Cerisara, que desistiu de tratar um câncer, foi a mais compartilhada.

O convite ao então juiz Sergio Moro para ser ministro foi a publicação mais curtida – no lado oposto, a eleição de Aécio Neves (PSDB-MG) como deputado federal foi a que mais irritou. Confira abaixo o ranking dos textos e vídeos que mais mobilizaram os leitores:


A mais comentada

Em 4 de setembro, o debate promovido por VEJA com os candidatos a vice-presidente agitou a página de Facebook da revista. Os colegas de chapa dos presidenciáveis que disputaram as eleições de 2018 debateram suas propostas sobre diversos temas, como emprego, saúde, contas públicas e impostos, entre outros, em uma transmissão ao vivo pela plataforma, que apoiou a iniciativa. Foram 38.658 comentários na publicação.

Participaram os candidatos Ana Amélia (PP), vice de Geraldo Alckmin (PSDB); Eduardo Jorge (PV), vice de Marina Silva (Rede); General Mourão (PRTB), vice de Jair Bolsonaro (PSL); e Paulo Rabello de Castro (PSC), vice de Alvaro Dias (Podemos).


A mais compartilhada

O incrível e sereno ensinamento de Ana Beatriz Cerisara, a professora que decidiu não fazer tratamentos contra um câncer terminal, foi o conteúdo mais compartilhado da página. Em um derradeiro encontro com os repórteres da revista, Ana falou sobre a extraordinária experiência de se despedir de tudo. “Estou morrendo. Não sinto dor. Que morte maravilhosa. Estou mais viva do que nunca”, disse.

A professora fez um único pedido na aproximação com os jornalistas: que a reportagem e o vídeo sobre seus instantes finais só fossem divulgados depois de sua morte. Ela se foi em 4 de março, aos 61 anos, deixando um depoimento emocionante sobre sua escolha. “Que isso possa, de alguma forma, contribuir para as pessoas”, disse Ana Bea; o relato foi passado adiante por 72.512 delas.


A mais curtida – e a mais amada

Pouco após Jair Bolsonaro (PSL) vencer as eleições para presidente da República, a notícia de que o então juiz federal Sergio Moro aceitou convite para ser o ministro da Justiça do futuro governo animou os usuários do Facebook de VEJA. Com 67.048 curtidas e 17.527 “amei”, a publicação com o anúncio foi campeã nas duas categorias.

Em 1 de novembro, o magistrado se reuniu por quase duas horas com o presidente eleito em um condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro e resolveu assumir o ministério. Com a decisão, Moro se afastou imediatamente dos processos relacionados ao escândalo do corrupção na Petrobras e, em 19 de novembro, foi exonerado do cargo. A juíza substituta Gabriela Hardt, que na Lava Jato determinou a prisão do ex-ministro José Dirceu, assumiu temporariamente os casos.


A que causou mais surpresa

Um lago de água em estado líquido descoberto no território marciano causou a surpresa de 5.850 pessoas. O achado representou o maior corpo de água neste estado já encontrado no Planeta Vermelho, segundo o anúncio de 25 cientistas em estudo publicado na revista Science em 25 de julho. A descoberta levantou a possibilidade de que Marte seja mais propício a abrigar vida do que os astrônomos imaginavam, uma vez que esta foi a primeira evidência de água líquida permanente encontrada.


A que causou mais risos

A notícia que recebeu mais “haha” (36.606) em 2018 no Facebook da revista foi a pesquisa Ibope divulgada em 25 de outubro, poucos dias antes do segundo turno das eleições, que mostrou o candidato Fernando Haddad (PT) à frente de Jair Bolsonaro em disputa na cidade de São Paulo. O levantamento mostrou o petista com 51% dos votos válidos e Bolsonaro com 49%.

O resultado eleitoral para a cidade de São Paulo fechou em 60,38% para o presidente eleito e 39,62% para Haddad.


A mais triste

A morte precoce da modelo Nara Almeida, de 24 anos, em 21 de maio enlutou o Brasil e 27.523 pessoas lamentaram a notícia na publicação do Facebook. Nara travou uma batalha pública contra um câncer de estômago, descoberto em meados de 2017. Ao compartilhar a sua luta pela vida pelo Instagram, com 3,7 milhões de seguidores, ela ganhou força de fãs, amigos e celebridades.


A que mais irritou

Na ponta contrária da notícia que as pessoas mais amaram em 2018, está a publicação de Aécio Neves sendo eleito para deputado federal em Minas Gerais. A notícia, divulgada pela coluna Radar, causou a ira de 21.215 usuários. Aécio é investigado pela Lava Jato pelo áudio em que foi flagrado conversando com Joesley Batista, dono da JBS, pedindo R$ 2 milhões. Ele recebeu mais de 106 mil votos.