Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Advogado é morto a tiros, e cliente endividada é suspeita

Crime aconteceu na Zona Oeste. Polícia ainda investiga homicídio de empresário, na Zona Norte da capital, também por arma de fogo

Um advogado foi morto a tiros na porta do escritório na noite desta quarta-feira, no bairro do Recreio, Zona Oeste do Rio. Ricardo Caldeira, de 49 anos, foi abordado por dois homens que se passaram por clientes em seu escritório. Ao atendê-los, os homens mostraram as armas e o conduziram para fora do prédio, onde ele foi atingido por três tiros e morreu ainda no local.

A Polícia Civil já está com as imagens das câmeras de segurança e investiga o caso. A principal suspeita é que o crime tenha acontecido a mando de uma cliente, em função de dívidas. Segundo a viúva, Cláudia Valéria Martins Caldeira, o advogado atuava em causas empresarias há mais de 25 anos e os clientes, em sua maioria, eram amigos do casal.

Outro crime – A Delegacia de Homicídios investiga também o assassinato de um empresário na manhã desta quinta, no Grajaú, Zona Norte. Sérgio Lopes Simas, de 57 anos, era dono de uma fábrica de bolos e foi abordado por dois homens em uma moto por volta das 8h, logo após abrir a loja. Os suspeitos atiraram diversas vezes e o empresário morreu no local.

Segundo testemunhas, foram disparados mais de dez tiros, que atingiram a vítima no rosto e no peito. Os suspeitos fugiram do local pela contramão, após serem perseguidos por um homem que se identificou como policial. A Polícia Civil ainda não tem informações sobre as motivações do crime.

(Com Estadão Conteúdo)