Clique e assine a partir de 9,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘Greyhound’: Tom Hanks lidera batalha naval com visual impactante e tensão

O ator, além de protagonista, é responsável pela adaptação do filme baseado em um romance de 1955 sobre a II Guerra Mundial

Por Isabela Boscov - Atualizado em 10 jul 2020, 12h24 - Publicado em 10 jul 2020, 07h00

O primeiro comando de Ernest Krause (Tom Hanks) demorou a chegar, e é pedreira: a bordo de um destróier, o capitão lidera as embarcações aliadas que escoltam um comboio na travessia do gelado Mar do Norte na II Guerra. Uma presa tão vistosa não poderia deixar de atrair predadores — cinco submarinos alemães que atacam os navios, instaurando o terror na esquadra. Dirigido pelo competente Aaron Schneider e adaptado pelo próprio Hanks de um romance de 1955, Greyhound tem um prólogo e um final desnecessariamente sentimentais, mas seu corpo é robusto: uma verdadeira batalha naval travada num mundo cinza de vagalhões e céu pesado, em que o uso insistente do jargão náutico nos diálogos vira uma espécie de percussão a pontuar a ação tensa.

Publicidade