Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gov’t Mule reúne virtuoses de quebrar o queixo em novo disco

Quarteto americano, que completa 25 anos, também retoma clássicos de ídolos como Pink Floyd e AC/DC

 (Divulgação/.)

(Hellion Records) O quarteto americano faz o blues rock mais poderoso da atualidade. O Gov’t Mule reúne só virtuoses em seus instrumentos, que raramente repetem o repertório de um show para outro — e às vezes se debruçam sobre discos clássicos de seus ídolos, do Pink Floyd ao AC/DC. Live at the Capitol Theatre foi gravado no ano passado e é composto de um CD e um DVD duplo. O grupo está fazendo 25 anos, mas a massa sonora comandada pelo cantor Warren Haynes e pelo guitarrista e tecladista Danny Louis continua de quebrar o queixo.

 

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Antonio Botelho

    A respeito da nota sobre o grupo Gov’t Mule, Warren Haynes foi citado como cantor e Danny Louis como o guitarrista da banda, porém Haynes, além de cantor, é o lead guitar da banda e é considerado um dos mais brilhantes instrumentistas de sua geração. Louis é tecladista e entrou no grupo alguns anos após a formação original, que era um power trio, composto por Haynes e Allen Woody, estes originários da ultima formação do lendário Allman Brothers Band, e Matt Abs na bateria. Warren Haynes encontra-se na lista dos 100 melhores guitarristas de todos os tempos da revista Rolling Stones. Erroneamente foi dado crédito à Danny Louis aparentemente como “o” guitarrista da banda, o que não procede,

    Curtir