Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
VEJA Recomenda Por Coluna Os principais lançamentos da música, do cinema, da literatura e da produção infanto-juvenil, além da TV, comentados pelo time de VEJA

‘Anna’: mais uma bela e perigosa mulher de Luc Besson

O diretor francês faz mais um de seus tresloucados filmes sobre mulheres bonitas e perigosas que tentam se libertar das pessoas a que são obrigadas a servir

Por Isabela Boscov Atualizado em 30 ago 2019, 09h11 - Publicado em 30 ago 2019, 07h00

(Anna, França/Estados Unidos, 2019. Já em cartaz no país) Anna (Sasha Luss) vende matrioscas, aquelas bonecas aninhadas umas dentro das outras, no mercado de Moscou, mas é de uma beleza tão extravagante que o primeiro “olheiro” que passa por ali a leva para ser modelo em Paris. Mas que modelo é essa que entra em um restaurante e, sozinha e com uma arma descarregada, dá cabo de dezenas de adversários? Aninhando as fases da vida de sua protagonista uma dentro da outra para cada vez revelar algo mais sobre ela, o diretor francês Luc Besson, de Nikita, faz em Anna – O Perigo Tem Nome mais um de seus tresloucados e impagáveis filmes sobre mulheres muito bonitas e perigosas que usam ambas as qualidades para tentar se libertar das pessoas a que são obrigadas a servir. A russa Sasha tem presença e o elenco, de primeira, é completado por Helen Mirren, Cillian Murphy e Luke Evans.

Publicidade