Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
VEJA Gente Por Coluna Notícias, bastidores e conversas de quem é assunto na cultura, na política, nos negócios e em outras rodas. Editado por João Batista Jr.

Cantor Henrique explica sacrifício de touro: ‘Fiz o que precisava’

Músico sertanejo atirou após animal fugir de exposição e sair enfurecido rumo a uma rodovia no Tocantins

Por João Batista Jr. - Atualizado em 27 set 2019, 12h08 - Publicado em 27 set 2019, 06h55

Henrique e Juliano formam uma das mais celebradas duplas de cantores sertanejos do Brasil. Juntos, criam gado nelore para exposições, mas não para corte. Na semana passada, Henrique protagonizou um episódio explosivo numa exposição agropecuária em Palmas, no Tocantins. Um de seus touros fugiu do curral onde estava confinado e saiu enfurecido rumo a uma rodovia. Armado, o cantor caipira decidiu sacrificar o animal. Puxou a pistola e disparou contra o bicho. Segundo ele, foi uma medida de segurança, de proteção ao público. Henrique se diz apaixonado por animais. “Meu touro brigou com outro dentro do curral e ficou bastante machucado, então conseguiu fugir. Tentamos capturá-lo, sem sucesso. Sacrificar não era o que eu queria, mas não peco pela omissão. Tenho porte de arma federal e fiz o que precisava ser feito”, afirma.

Publicado em VEJA de 2 de outubro de 2019, edição nº 2654

Publicidade