Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Tela Plana Por Blog Críticas e análises sobre o universo da televisão e das plataformas de streaming

5 filmes reconfortantes (e com final feliz) para ver na Netflix

Confira dicas de títulos que prometem fazer o espectador esquecer do complicado mundo lá fora

Por Raquel Carneiro Atualizado em 18 mar 2021, 22h22 - Publicado em 4 fev 2021, 11h12

Meu Eterno Talvez

Protagonizado pelos comediantes Ali Wong e Randall Park, o longa acompanha a história de dois amigos de infância que se conectam não só por serem vizinhos, mas também pela força da cultura asiática que permeia suas famílias. Eles se afastam e se reencontram na vida adulta, quando ela é uma chef de cozinha famosa e ele um homem sem planos e estagnado, sofrendo com o luto da morte da mãe. A retomada da amizade os ajuda a superarem problemas pessoais e, quem sabe, retomar um romance esquecido.

O Pequeno Nicolau

Nessa adorável comédia francesa, que agrada crianças e adultos, o protagonista Nicolau é um garotinho cheia de vida e que se envolve em aventuras pueris com os amigos. O drama começa quando ele descobre que sua mãe está grávida. E, segundo colegas da escola, ele será abandonado na floresta quando o novo morador ou moradora chegar. O garoto bola vários planos com os amigos para se livrar desse problemão – até, claro, descobrir que ser um irmão talvez não seja tão ruim assim. Difícil não gargalhar com o protagonista, criado pelo autor René Goscinny, o mesmo criador do popular personagem dos quadrinhos Asterix.

O Amor Não Tira Férias

Um clássico do filão das comédias românticas, que vale ser visto e revisto, o filme de 2006 é protagonizado por Cameron Diaz e Kate Winslet. Cameron é uma empresária da indústria cinematográfica em Los Angeles com fama de durona. Kate interpreta uma jornalista inglesa que teve o coração partido por um conquistador profissional. Elas se conectam pela internet e trocam de casas durante o feriado de fim de ano. Com os novos endereços, ambas descobrem novos modos de se viver e de amar. Um filme para rir e suspirar. O elenco ainda ostenta os atores Jude Law e Jack Black.

Continua após a publicidade

Felicidade por um Fio

Bem-sucedida e com um namorado bonitão, Violet (Sanaa Lathan) parece ter uma vida perfeita. Isso até ela perceber que está em uma prisão, por assim dizer, capilar: os fios crespos são um fardo para ela, que os alisa sempre e vive em função da aparência tida como ideal. Após uma crise com o namorado, potencializada por uma noite de bebedeira, a jovem ataca a cabeleira e precisa, por fim, raspá-la. A transição de aceitação e autoconhecimento da protagonista pauta o restante dessa bela comédia romântica do século XXI.

Amor Além da Vida

Com uma pegada mais dramática, o filme de 1998, protagonizado por Robin Williams, acompanha a jornada de uma família no pós-vida. Quando os dois filhos e o marido morrem, a mãe não suporta as perdas e tira a própria vida — ato que a leva a ser aprisionada em uma espécie de inferno no além. Completamente apaixonado, o marido, ao saber onde a esposa está, parte para buscá-la e salvá-la da condenação eterna. Como prometido no título, o final é feliz.

  • Leia também: “O foco é na qualidade, não em prêmios”, diz fundador da Netflix
Continua após a publicidade
Publicidade