Clique e assine a partir de 9,90/mês
Reinaldo Azevedo Por Blog Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

Minha coluna na Folha: “Petrossauro e Bolsonassauro”

Leiam trechos: A Petrobras vale hoje, no mercado, R$ 135 bilhões, pouco mais de um sexto do que valia em 2008 (R$ 737 bilhões). A diferença, R$ 602 bilhões, corresponde a quase 25 anos de pagamento do Bolsa Família (dados de 2013). Sei que o valor não é conversível em benefícios sociais. Forneço uma grandeza […]

Por Reinaldo Azevedo - Atualizado em 11 fev 2017, 16h41 - Publicado em 19 dez 2014, 05h55

Leiam trechos:
A Petrobras vale hoje, no mercado, R$ 135 bilhões, pouco mais de um sexto do que valia em 2008 (R$ 737 bilhões). A diferença, R$ 602 bilhões, corresponde a quase 25 anos de pagamento do Bolsa Família (dados de 2013). Sei que o valor não é conversível em benefícios sociais. Forneço uma grandeza para que os leitores percebam como a República dos Companheiros distribui riquezas… Nessa conta não entra a roubalheira de Abreu e Lima, Pasadena e outras. A dívida da empresa está em R$ 330 bilhões, quase 7% do PIB e 2,4 vezes o seu valor de mercado, aquele que abre este parágrafo. Entre a primeira e a última linhas, o que se tem é a crônica da impostura, da empulhação e da safadeza.

A conclusão é inescapável: o PT privatizou a Petrobras e quebrou a empresa. É o fundo do poço!
(…)

BOLSONASSAURO
A estupidez disparada pelo deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) não deixa margem a interpretações alternativas. Se ele diz a uma desafeta que não vai estuprá-la porque ela não merece, deve-se concluir o óbvio: segundo ele, algumas mulheres merecem o estupro, em particular aquelas que ele admira. “Ah, ela atacou primeiro!” E daí?
(…)
Sem contar que o deputado ainda acabará fazendo de Maria do Rosário ministra –o que, convenham, caracterizaria um atentado à inteligência e, pois, a um direito humano.

Para ler a íntegra da coluna, clique aqui

Publicidade