Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chelsea X Barcelona – O triunfo da mediocridade

Inacreditável o que acaba de acontecer. Jogando um futebol, na média, fraco — com alguns lances interessantes —, o Chelsea acaba de mandar o Barcelona para casa: 2 a 2. O pior será a conversa mole que vai se seguir ao resultado. “O Barcelona já era; o Barcelona está em decadência, o modelo se esgotou…” […]

Inacreditável o que acaba de acontecer. Jogando um futebol, na média, fraco — com alguns lances interessantes —, o Chelsea acaba de mandar o Barcelona para casa: 2 a 2. O pior será a conversa mole que vai se seguir ao resultado. “O Barcelona já era; o Barcelona está em decadência, o modelo se esgotou…” E, no entanto, só um time se responsabilizou pelo futebol propriamente dito: o Barcelona — de resto, com duas bolas na trave.

Aqui no meu bairro, os gritos da molecada evidenciam que o Barça é hoje uma paixão mundial — desperte amor ou ódio, tanto faz. Ouvi manifestações entusiasmadas quando o time espanhol fez os dois gols e quando levou os dois — nesse caso, é evidente que não se tratava de torcedores do Chelsea, mas de críticos do Barcelona, gente que, talvez, não lide bem com a grandeza alheia, sei lá… Por que alguém haveria de ser adversário do futebol limpo, técnico, que privilegia o talento? Terminado o jogo, houve até buzinaço…

Perder ou ganhar é do jogo, é evidente. Quando um time, como o Barcelona, se torna “a” referência do grande futebol justamente porque joga como joga, é uma contradição estúpida, cretina, afirmar, então, que sua qualidade responde por sua derrota. Mas não tem jeito! As análises necessariamente apontarão a exaustão de um modelo. E isso significa que o futebol – mundial! – vai andar um pouco para trás.

Assistimos a algo parecido no Brasil. A derrota da excelente Seleção Brasileira de 1982 fez o futebol brasileiro mergulhar na mediocridade por uns bons anos. Os medíocres, por óbvio, nunca se impõem por suas qualidades. Sempre se aproveitam do cochilo dos bons.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s