Clique e assine a partir de 8,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Witzel continua sonhando com a presidência da República

Alvo de processo de impeachment e de investigação na PGR, governador do Rio acredita que seu próximo escritório será no Planalto

Por Mariana Muniz - Atualizado em 13 ago 2020, 11h34 - Publicado em 13 ago 2020, 09h30

Vejam o que uma autoestima bem construída é capaz de fazer. Mesmo alvo de um processo de impeachment e de uma investigação por suspeitas de corrupção pela Procuradoria-Geral da República, Wilson Witzel ainda fala em ser presidente da República.

Animado com a leve recuperação que teve na popularidade, o governador do Rio voltou a falar dos seus planos para o futuro durante uma das agendas que cumpria no interior do estado esta semana.

Coube a um deputado chamá-lo de volta à realidade – nada favorável, diga-se de passagem. Quem estava presente no momento diz que Witzel parece ter entendido o recado.

 

ATUALIZAÇÃO, ÀS 11H34: A assessoria de imprensa do giverno do Rio disse, em nota, que Witzel “nega veementemente que tenha falado em ser candidato à presidência” durante agendas no interior do estado. A seguir, a íntegra do comunicado: “O governador Wilson Witzel nega enfaticamente que tenha falado, em agendas pelo interior do Estado do Rio de Janeiro, em ser candidato a presidente da República. Wilson Witzel está empenhado em cumprir o seu mandato como governador, trabalhando diariamente em prol do desenvolvimento do Rio de Janeiro e do bem-estar da população, entregando um estado melhor do que recebeu”. 

 

Continua após a publicidade
Publicidade