Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Conteúdo para assinantes

Vem aí mais um atrito entre Bolsonaro e Mourão

Fala do vice atropelou versão do Planalto sobre caso da mala de droga

Por Robson Bonin Atualizado em 26 jun 2019, 20h03 - Publicado em 26 jun 2019, 16h20

Ao dar declarações nesta quarta-feira sobre o caso do militar preso com cocaína na Espanha, Hamilton Mourão atropelou a estratégia de comunicação que começava a ser montada pelo governo de Jair Bolsonaro para tentar afastar o episódio do gabinete presidencial.

Diferentemente do que o Planalto informou nesta quarta, Mourão disse que o militar-traficante estaria no mesmo voo de Bolsonaro na volta ao Brasil:

“Quando tem essas viagens, vai uma tripulação que fica no meio do caminho, então quando o presidente voltasse agora do Japão, essa tripulação iria embarcar no avião dele. Então seria Sevilha/Brasil”.

ATUALIZAÇÃO: Mourão reparou a própria declaração ao longo desta quarta-feira. “Eu fui informado pelo GSI agora corretamente, eu não tinha todas as informações quando eu falei de manhã, de que ele estaria somente na equipe de apoio, não estaria em momento algum na aeronave do presidente”, disse Mourão.

Continua após a publicidade
Publicidade