Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Reunião do CNS é marcada por protestos contra o ministro da Saúde

A reunião entre o ministro Ricardo Barros (Saúde) e os integrantes do Conselho Nacional de Saúde, nesta quarta-feira, foi marcada por protestos. O encontro, em Fortaleza, era para discutir o financiamento do SUS. O debate, no entanto, foi interrompido por manifestantes que empunhavam cartazes com as inscrições “Fora, Temer” e “Saúde contra o golpe pela […]

Por Da Redação Atualizado em 30 jul 2020, 22h36 - Publicado em 1 jun 2016, 18h08
5248aa39-464f-4d44-8475-a2e685c61092

Protesto marca reunião do CNS

A reunião entre o ministro Ricardo Barros (Saúde) e os integrantes do Conselho Nacional de Saúde, nesta quarta-feira, foi marcada por protestos.

O encontro, em Fortaleza, era para discutir o financiamento do SUS. O debate, no entanto, foi interrompido por manifestantes que empunhavam cartazes com as inscrições “Fora, Temer” e “Saúde contra o golpe pela democracia”.

Atualização das 22h – A assessoria do ministro minimizou o tamanho do protesto. Segundo assessores de Barros, o ministro permaneceu por mais de uma hora na reunião do conselho e ouviu cerca de 15 inscritos. O protesto não teria interferido na “dinâmica do debate”. Na fala de 30 minutos, Ricardo Barros defendeu a “construção conjunta do SUS”.

Continua após a publicidade
Publicidade