Clique e assine a partir de 9,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

PT quer ouvir Moro e Bebianno sobre convite para ex-juiz virar ministro

O ex-ministro declarou que o ex-juiz foi convidado ainda durante a campanha eleitoral

Por Evandro Éboli - Atualizado em 19 nov 2019, 17h10 - Publicado em 19 nov 2019, 16h10

O PT quer ouvir o ministro da Justiça, Sergio Moro, e o ex-ministro Gustavo Bebianno sobre as declarações do ex-faz-tudo de Jair Bolsonaro sobre o convite para o ex-juiz compor o ministério do capitão.

Bebianno afirmou esta semana que estava acertado com Bolsonaro que ele seria o ministro da Justiça, mas que foi surpreendido no dia do segundo turno pela informação, lhe comunicada por Paulo Guedes, que Moro seria convidado para a pasta. Moro conta que esse convite se deu depois da eleição.

O deputado Rogério Correia (PT-MG) quer ouvir os dois em dias diferentes. O pedido é de convocação de Moro e de convite para Bebianno, ambos na Comissão de Trabalho.

“Considero que o ministro Sérgio Moro deve explicações à esta Casa. As denúncias são muito graves e a administração pública precisa apurar em detalhes esta relação promíscua entre um juiz e candidatos favorecidos por suas decisões que depois de eleito o nomeia Ministro da Justiça e Segurança Pública e ainda anuncia sua possível futura indicação ao Supremo Tribunal Federal”, diz Correia na justificativa.

Publicidade