Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Oposição questiona arrocho de Crivella a festas populares

Críticas ao corte de verbas do Carnaval e à centralização

Por Ernesto Neves Atualizado em 14 jun 2017, 18h25 - Publicado em 14 jun 2017, 18h17

A vereadora Marielle Franco (PSOL) quer que a prefeitura detalhe como estão as autorizações para festejos de rua após decreto municipal que centraliza licenças na Coordenadoria de Licenciamento e no Gabinete de Crivella.

Crivella mudou o sistema no final de maio. O período coincide ainda com o anúncio de corte de metade da verba destinada às escolas de samba.

No documento, Marielle questiona quais são os novos critérios, assim como a previsão de subsídios que serão alocados em festas este ano.

“Me parece que há outras possibilidades, que não os festejos populares e o Carnaval, para cortes em nome da boa gestão”, diz Marielle.

Segundo ela, festas tradicionais não estão conseguindo tempo suficiente para se adequar às novas regras.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade