Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Pedro Carvalho. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O plano de Joice para afundar o partido de Bolsonaro em 2020

Turma de Luciano Bivar já sabe como atrasar a vida dos bolsonaristas

Por Nonato Viegas - Atualizado em 12 nov 2019, 19h11 - Publicado em 12 nov 2019, 18h02

Joice Hasselmann contava a deputados de outros partidos curiosos sobre o futuro do PSL qual seria o passo seguinte da turma de Luciano Bivar após a oficialização, por Bolsonaro, da criação de outro partido, o Aliança Pelo Brasil.

“É só pedir a conferência das assinaturas. Ainda que se aceite impressões digitais, levaria anos para a conferência”, disse a deputada.

Como se sabe, a criação do novo partido de Bolsonaro é uma jogada de risco em um fim de ano que antecede o período de eleições municipais. Se não conseguir reunir as assinaturas a tempo, o novo partido do presidente poderá não conseguir formar uma base eleitoral em outubro do ano que vem.

Publicidade