Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

O namoro de Bolsonaro com Roberto Jefferson no PTB

Com temperamento tão explosivo quanto o do presidente, o cacique do PTB julga, segundo seus aliados, ter condições de manter Bolsonaro sob controle

Por Robson Bonin Atualizado em 27 jul 2021, 10h10 - Publicado em 27 jul 2021, 08h28

Jair Bolsonaro transformou o seu processo de escolha do novo partido numa espécie de caixa-preta. Aliados que o auxiliaram nos passos políticos até a criação fracassada do Aliança Pelo Brasil foram completamente afastados pelo presidente das discussões em torno da escolha do novo partido.

Hoje, apenas Bolsonaro sabe o que fará em relação ao novo partido. Negocia com vários, mas sem obter o que mais deseja: controle absoluto na nova sigla. De todos os partidos que estão interessados em acolher o presidente, o PTB de Roberto Jefferson é o que mais atrai o presidente.

+ Sem partido desde 2019, Bolsonaro diz ser cortejado por duas siglas

Num desejo quase desesperado de se viabilizar nas urnas em 2022, Jefferson topa muitos dos pedidos de Bolsonaro. Com temperamento tão explosivo quanto o do presidente, julga, segundo seus aliados, ter condições de manter Bolsonaro sob seu controle dentro do PTB.

Há algumas semanas, Jefferson e Bolsonaro tiveram uma conversa sobre a possível filiação. Poucos no PTB ficaram sabendo dos detalhes. Com quem conversou, Jefferson fez questão de demonstrar confiança na filiação de Bolsonaro. A conferir.

Continua após a publicidade
Publicidade