Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Ministro do STF pede que Alcolumbre se explique sobre sabatina de Mendonça

Ricardo Lewandowski é o relator de mandado de segurança apresentado por dois senadores

Por Gustavo Maia 21 set 2021, 18h49

O ministro do STF, Ricardo Lewandowski, pediu nesta terça-feira que Davi Alcolumbre, presidente da CCJ do Senado, se explique sobre a demora em marcar a sabatina de André Mendonça na comissão. O ex-ministro da AGU foi indicado há mais de dois meses pelo presidente Jair Bolsonaro para uma vaga no Supremo.

Lewandowski é relator do mandado de segurança apresentado na quinta-feira passado pelos senadores Alessandro Vieira e Jorge Kajuru.

“Preliminarmente, requisitem-se informações à autoridade apontada como coatora”, determinou o ministro.

Os senadores alegaram no pedido que “não há motivo republicano para o atraso, e a inércia de Davi [Alcolumbre] caracteriza-se como flagrante e indevida interferência do sadio equilíbrio entre os Poderes, na medida em que inviabiliza a concreta produção de efeitos que deve emanar do livre exercício de atribuição típica do Presidente da República”.

Continua após a publicidade

Publicidade