Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Militar detido com drogas estava no avião reserva da Presidência

Bolsonaro autorizou cooperação internacional para investigar o caso

Por Robson Bonin 25 jun 2019, 18h50

O militar detido com drogas na Espanha não é da equipe presidencial, mas estava no avião reserva que acompanha a aeronave do presidente da República nas viagens internacionais. Jair Bolsonaro, como se sabe, vai ao G20 no Japão e enviou a seguinte nota ao Radar, sobre o ocorrido.

– Hoje pela manhã, fui informado pelo Ministro da Defesa da apreensão, em Sevilha, de um militar da aeronáutica portando entorpecentes.
– Determinei ao Ministro da Defesa imediata colaboração com a Polícia Espanhola na pronta elucidação dos fatos, cooperando em todas as fases da investigação, bem como instauração de inquérito policial militar.
– As Forças Armadas tem em em seu contingente cerca de 300 mil homens e mulheres formados nos mais íntegros princípios da ética e da moralidade.
– Caso seja comprovado o envolvimento do militar nesse crime, o mesmo será julgado e condenado na forma da lei.
– JAIR BOLSONARO, Presidente da República

Publicidade