Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Julgamento adiado

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acabou não julgando hoje a ação do megaespeculador Naji Nahas contra a Bovespa – um dos desembargadores pediu vistas do processo. Está adiado, portanto, pelo menos por uma semana o julgamento da ação em que Nahas pede 10 bilhões de reais de indenização, afirmando ser vítima do […]

Por Da Redação Atualizado em 31 jul 2020, 16h24 - Publicado em 18 nov 2009, 15h41

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acabou não julgando hoje a ação do megaespeculador Naji Nahas contra a Bovespa – um dos desembargadores pediu vistas do processo. Está adiado, portanto, pelo menos por uma semana o julgamento da ação em que Nahas pede 10 bilhões de reais de indenização, afirmando ser vítima do imbróglio que resultou na bancarrota da Bolsa carioca, em 1989.

De quaquer forma, até a hora em que o julgamento foi interrompido tudo caminhava para Nahas sair derrotado em seu pleito.

Publicidade