Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia, Laísa Dall'Agnol e Lucas Vettorazzo. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Exército diz à CPI que Pazuello foi comunicado sobre depoimento no dia 19

Ofício foi assinado pelo secretário-geral do Exército, o general Francisco Humberto Montenegro Junior, e endereçado ao presidente da CPI, Omar Aziz

Por Gustavo Maia 12 Maio 2021, 19h02

Chegou há pouco à CPI da Pandemia no Senado um ofício do Exército informando que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, foi comunicado sobre a nova data do seu depoimento: o próximo dia 19, a quarta-feira da semana que vem.

“Cumprimentando cordialmente V.Ex.ª, informo que o General de Divisão EDUARDO PAZUELLO foi comunicado em relação à audiência da Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia, prevista para o dia 19 de maio de 2021, às 10h00min”, diz a mensagem assinada pelo secretário-geral do Exército, o general Francisco Humberto Montenegro Junior, endereçada ao presidente da CPI, Omar Aziz.

O ex-ministro da Saúde pediu adiamento do seu depoimento como testemunha à comissão na semana passada, alegando que entrou em contato com dois servidores do Executivo que contraíram a Covid-19. Os senadores então decidiram adiar a convocação duas semanas. Mas dois dias depois, o Estadão revelou que Pazuello recebeu a visita do ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, coordenador da resposta do Planalto à CPI.

Com a notificação do comando do Exército, o general vai ter que pensar em outra desculpa se quiser fugir novamente dos senadores.

Continua após a publicidade
Publicidade