Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Em guerra com Bolsonaro, governo Witzel boicota festa de Damares na ALERJ

Nenhum representante do governo foi à cerimônia de entrega da medalha Tiradentes para a ministra

Por Mariana Muniz Atualizado em 31 out 2019, 10h48 - Publicado em 31 out 2019, 09h07

Em meio à crise gerada pelo caso Bolsonaro-Marielle, que sobrou até para Wilson Witzel, o governo do Rio boicotou a homenagem recebida pela ministra Damares Alves nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa do estado.

Nenhum representante do governador esteve na cerimônia de entrega da medalha Tiradentes para a ministra da Família, da Mulher e dos Direitos Humanos.

Passaram por lá o Secretário de Casa Civil, ex-deputado André Moura com um amigo de Damares. Mas passaram, cumprimentaram e foram embora.

Quem mandou mesmo representante foi o prefeito Marcello Crivella (PRB). Mais um indício de aproximação Crivella-Bolsonaro, no vácuo de Witzel.

ATUALIZAÇÃO, 10h47: A assessoria de Witzel entrou em contato com o Radar para registrar a seguinte nota:  O secretário André Moura pediu para esclarecer que foi à homenagem à ministra Damares como representante do governador e levou também uma mensagem dele a ela justificando a ausência por estar em outros compromissos marcados previamente. E ficou boa parte da cerimônia. Saiu antes do encerramento porque tinha outras agendas de governo. 

Continua após a publicidade
Publicidade