Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Dyogo Oliveira é a bola da vez dos insatisfeitos do PMDB

Ele foi 'homenageado' no grupo de bate-papo da bancada do partido na Câmara

Por Gabriel Mascarenhas 20 set 2017, 19h04

O grupo de Whatsapp dos deputados do PMDB costuma servir de campo de batalha das excelências.

A ala de insatisfeitos do partido usa o espaço virtual como arena de ataques aos colegas que apoiam Michel Temer e ao próprio governo.

Os integrantes da base aliada respondem à altura, rebatendo as críticas dos correligionários.

E chegou a vez de Dyogo Oliveira, ministro do Planejamento. Nos últimos dias, ele foi chamado de um tudo nas conversas do grupo.

Parte dos rebeldes o acusa de ser petista, outros lembram de sua relação com Romero Jucá.

Para o assunto inspirar uma ofensiva objetiva contra Oliveira, a exemplo do que ocorreu com Antonio Imbassahy, basta um estalo.

Continua após a publicidade
Publicidade