Clique e assine com até 92% de desconto
Radar Por Gabriel Mascarenhas (interino) Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Evandro Éboli, Mariana Muniz e Manoel Schlindwein. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Pesquisa revela que 60% dos consumidores boicotam marcas preconceituosas

Levantamento apontam ainda quais são as marcas mais lembradas como defensoras da diversidade.

Por Manoel Schlindwein Atualizado em 18 nov 2020, 11h19 - Publicado em 18 nov 2020, 14h32

As marcas devem assumir o protagonismo na luta em favor da diversidade, aponta um novo estudo divulgado hoje. Para 70% dos entrevistados, as empresas devem integrar temas como raça, orientação sexual, longevidade e pessoas com deficiência no seu posicionamento.

A pesquisa revela ainda que 60% declaram não consumir produtos de marcas com comportamentos preconceituosos.

A segunda edição do Oldiversity, do Grupo Croma, traz as marcas mais lembradas pelo público quando o assunto é inclusão e diversidade. Natura, O Boticário, C&A, Globo e Coca-Cola estão na parte de cima do ranking.

O estudo lembra que ainda há um longo caminho a ser trilhado. As empresas têm preconceito em contratar mulheres, conforme 59% dos entrevistados, em contratar LGBT+ (57%), negros (61%), pessoas com deficiência (64%) e pessoas mais velhas (78%).

A pesquisa ouviu 2.032 pessoas de todo o país entre os dias 23 e 31 de julho e contou com o apoio de Carrefour, Lew’Lara, Via Varejo e PepsiCo.

Continua após a publicidade
Publicidade