Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A delegada da PF que uniu esquerda e Centrão contra Coaf nas mãos de Moro

Considerada a "mãe da Lava Jato", Erika Marena é vista como "linha dura" por parlamentares

Parlamentares de partidos de esquerda e do Centrão têm mais um argumento em comum para impedir que o Coaf continue nas mãos de Sérgio Moro. A convicção desses parlamentares de que o órgão irá virar uma extensão da polícia foi a nomeação, em março, da delegada da Polícia Federal Erika Marena como conselheira do órgão.

Tida como a “mãe da Lava Jato”, Marena, que já ocupa cargo no Ministério da Justiça, é considerada “linha dura” por essa turma. Foi Marena quem solicitou em 2017 a prisão do ex-reitor da UFSC Luiz Carlos Cancellier, que se matou depois que deixou a prisão.

Sobre esse episódio, Moro isentou sua subordinada de qualquer responsabilidade logo que a nomeou. Lamentou o episódio e afirmou se tratar de uma fatalidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Gilton Ferreira Silvério

    OS CORRUPTOS QUEREM DEIXAR O JUIZ MORO PARALISADO, MAS NÃO PASSARÃO ! NÃO ADIANTA CORRER, PORQUE O BICHO VAI PEGAR !

    Curtir