Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
VEJA Meus Livros Por Blog Um presente para quem ama os livros, e não sai da internet.

Defendido por Paulo Coelho, Eduardo Spohr foi a Frankfurt

.

Por Manoella Barbosa Atualizado em 13 ago 2018, 16h34 - Publicado em 14 out 2013, 18h52
Eduardo_Spohr_O autor de literatura fantástica Eduardo Spohr, no estande da Record em Frankfurt

 

Chegou ao fim neste domingo a 65ª edição da Feira de Livros de Frankfurt. Nos cinco dias de evento – três deles destinados exclusivamente a representantes do mercado editorial internacional –, cerca de 70 escritores e mais de 150 editoras do Brasil, país homenageado pela segunda vez no evento, tiveram a oportunidade de apresentar seus trabalhos e produtos e fechar novos negócios. Inclusive Eduardo Spohr, o autor de literatura fantástica que, não selecionado para a lista oficial de convidados brasileiros, teria levado, juntamente com outros, o “mago” Paulo Coelho a desistir de participar da feira.

Não convocado pela lista oficial do Ministério da Cultura, o autor do best-seller A Batalha do Apocalipse viajou a convite do Instituto Goethe, responsável pelo projeto Kulturstadium (ou “estádio da cultura”), que organizou uma partida de futebol entre autores alemães e brasileiros – derrotados por 9×1. “Estou aqui para falar com editoras, apresentar meu último livro, Filhos do Éden: Anjos da Morte, e atingir potencias novos leitores”, disse Spohr, que divulgou sua ida pelo Facebook. Sua tarde de autógrafos no estande da Record não fez parte da grade oficial de eventos brasileiros.

Read more

Continua após a publicidade
Publicidade