Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Defendido por Paulo Coelho, Eduardo Spohr foi a Frankfurt

.

Eduardo_Spohr_O autor de literatura fantástica Eduardo Spohr, no estande da Record em Frankfurt

 

Chegou ao fim neste domingo a 65ª edição da Feira de Livros de Frankfurt. Nos cinco dias de evento – três deles destinados exclusivamente a representantes do mercado editorial internacional –, cerca de 70 escritores e mais de 150 editoras do Brasil, país homenageado pela segunda vez no evento, tiveram a oportunidade de apresentar seus trabalhos e produtos e fechar novos negócios. Inclusive Eduardo Spohr, o autor de literatura fantástica que, não selecionado para a lista oficial de convidados brasileiros, teria levado, juntamente com outros, o “mago” Paulo Coelho a desistir de participar da feira.

Não convocado pela lista oficial do Ministério da Cultura, o autor do best-seller A Batalha do Apocalipse viajou a convite do Instituto Goethe, responsável pelo projeto Kulturstadium (ou “estádio da cultura”), que organizou uma partida de futebol entre autores alemães e brasileiros – derrotados por 9×1. “Estou aqui para falar com editoras, apresentar meu último livro, Filhos do Éden: Anjos da Morte, e atingir potencias novos leitores”, disse Spohr, que divulgou sua ida pelo Facebook. Sua tarde de autógrafos no estande da Record não fez parte da grade oficial de eventos brasileiros.

Read more

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Lilian dos Santos

    Paulo Coelho fez falta na feira por ser um exímio vendedor brasileiro de livros. Mas penso que a sua ausência teve um lado bastante produtivo, já que fomentou a discussao sobre racismo e as formas em que decisoes sao tomadas no Brasil.
    Em todo caso, me senti bem representada pelos autores que lá vi/ouvi. Percebeu-se que o Brasil tem sido levado mais a sério pelo mundo. Só falta esta seriedade também ser encarnada pelo próprio país.
    Á Manoella Barbosa, parabéns e obrigada pela miscelânea tao rica sobre a feira.

    Curtir

  2. Comentado por:

    josirene hora

    Estou emocionalmente ,emocionada e feliz por ter tido a oportunidade de ler esse maravilhoso romance o qual veio ao encontro dos meus princípios literario , Deus o abençõe e ilumine cada ves mais essa mente maravilhosa digo (qdo Deus acordar ) é claro Parabéns amigo Eduardo….

    Curtir