Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Me Engana que Eu Posto Por Coluna A verdade por trás de manchetes falsas que se espalham pela internet. Editado por João Pedroso de Campos.

PM trocou tiros com assaltantes de banco na Avenida Paulista?

Legenda de vídeo diz que troca de tiros é real, mas trata-se, na verdade, de um treinamento da Rota, tropa de elite da PM paulista

Por João Pedroso de Campos Atualizado em 6 dez 2017, 20h30 - Publicado em 5 out 2017, 14h38

Um vídeo publicado no YouTube no início da semana e disseminado no WhatsApp mostra uma suposta troca de tiros entre bandidos e policiais das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), tropa de elite da Polícia Militar de São Paulo, na Avenida Paulista.

“Assalto a banco na avenida Paulista… Troca de tiros entre rota e bandidos… Até aí td normal,  mas reparem na platéia de idiotas com celulares se arriscando a tomar um tiro na cara”, diz a legenda do vídeo, que tem um minuto e 38 segundos de duração (assista abaixo):

Reprodução/Youtube

Neste caso, no entanto, as imagens não valem mais do que mil palavras. Não houve assalto a banco nem tiroteio entre PMs e criminosos na avenida mais famosa de São Paulo e curiosos não se arriscaram em meio ao fogo cruzado para registrar o conflito.

Continua após a publicidade

As cenas mostram uma simulação de assalto a banco, organizada pela Rota para treinar seus policiais neste tipo de situação. No dia seguinte ao treinamento, realizado em 20 de setembro, o 1º Batalhão de Choque da Rota publicou um em seu canal no Youtube um vídeo de cerca de doze minutos para mostrar o exercício. “Simulação efetuada no dia 20/09, demonstrando uma situação de assalto à banco, com seis indivíduos armados com fuzis 7.62”, diz a legenda (assista abaixo).

Como nunca é demais lembrar, o leitor não deve acreditar em tudo que vê no WhatsApp, mesmo quando as imagens parecem dizer tudo.

 

Agora você também pode colaborar com o Me engana que eu posto no combate às notícias mentirosas da internet. Recebeu alguma informação que suspeita – ou tem certeza – ser falsa? Envie para o blog via WhatsApp, no número (11) 9 9967-9374.

Continua após a publicidade

Publicidade