Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

Anvisa vai inspecionar fábricas chinesas de vacinas para coronavírus

Equipe de técnicos deve começar os trabalhos no início de dezembro, mas cumprirá um período de isolamento na China, antes da inspeção

Por Matheus Leitão Atualizado em 28 out 2020, 19h59 - Publicado em 28 out 2020, 18h37

Uma equipe de técnicos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) irá até a China inspecionar in loco as fábricas que estão preparando as vacinas contra a Covid-19. 

Segundo a coluna apurou, a ideia é que a equipe de inspeção comece os trabalhos no início de dezembro, e demore 30 dias para realizá-los – 15 dias isolados no hotel (que começarão em meados de novembro) após chegar ao país asiático, por exigência do governo chinês, e mais 15 diretamente nas fábricas, a partir do dia 1º do último mês do ano. 

Um dos laboratórios que será inspecionado, de acordo com a programação ainda em preparação na Anvisa, é o do Sinovac Biotech, que recentemente gerou uma crise de grandes proporções no governo Jair Bolsonaro. 

O presidente afirmou que não iria adquirir a vacina desenvolvida pela farmacêutica chinesa, um dia após o Ministério da Saúde anunciar a intenção de comprar 46 milhões de doses da vacina. 

O chefe da pasta, general Eduardo Pazuello, acabou desautorizado publicamente e o governador de São Paulo, João Doria, desafeto político de Bolsonaro, atacado mais uma vez durante a pandemia. 

Continua após a publicidade

A coluna procurou a Anvisa no início da tarde desta quarta-feira, 28, sobre a viagem dos técnicos da Anvisa. A resposta foi enviada há pouco:

“As inspeções internacionais fazem parte da atividade da Anvisa e são fundamentais para a avaliação de plantas fabris que fornecem medicamentos com registro no Brasil.

No contexto das pesquisas por vacinas contra o Covid-19, a Anvisa está em processo de certificação das plantas fabris das vacinas de Oxford e da Sinovac/Butantan.

O processo de liberação de inspetores para a inspeção das fábricas está em andamento na Anvisa.

A Certificação de Boas Práticas é uma avaliação in loco das condições e processos da linha de produção de um medicamento ou vacina e tem como objetivo verificar o cumprimento de critérios de qualidade essenciais para um medicamento. A Certificação é um pre-requisito para que um medicamento esteja no mercado”.

Continua após a publicidade
Publicidade