Publicidade
Maílson da Nóbrega Por Coluna Blog do economista Maílson da Nóbrega: política, economia e história
Reação da atividade econômica, câmbio mais depreciado e incertezas quanto aos efeitos da Selic mais baixa nos preços recomendam cautela ao Copom
É arriscado transferir royalties para estados e municípios
Retomada do emprego, juros mais baixos, redução das incertezas econômicas e liberações do FGTS devem garantir melhor resultado no quarto trimestre
Alta do dólar resulta de fatores estruturais, mais do que de eventual pânico no mercado cambial; não há razões para alarme
Mudanças estruturais asseguram juros baixos permanentes
Estados e municípios em nova crise fiscal e elevado desemprego formariam o ambiente para piorar o desastroso legado fiscal da Constituição de 1988
A resposta dependerá da solidez de nossas instituições
Taxa de juros pode cair para os inéditos 4,5% ao ano em dezembro e continuar nesse nível por todo o ano de 2020
Projeto na Câmara será forte alavanca para acelerar a economia
Na proposta do governo, a capitalização seria apenas um dos três pilares da Nova Previdência e não o único regime previdenciário, como é o caso do Chile
Publicidade