Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Letra de Médico Por Adriana Dias Lopes Orientações médicas e textos de saúde assinados por profissionais de primeira linha do Brasil

Emoções e doenças

Sabe-se que o estado psicológico pode influenciar o aparecimento ou a piora de doenças, no entanto, o mecanismo pelo qual isso acontece ainda é desconhecido

Por Arthur Cukiert 31 jan 2018, 18h32

É um entendimento comum o fato de que nosso estado psicológico pode influenciar o aparecimento ou a piora de doenças. Alguém que adoece com frequência por estresse, alguma doença que se desenvolveu após um evento traumático (como a perda de um ente querido, de um animal de estimação) etc. Estas e outras situações fizeram com que o campo da neuroimunologia tenha se desenvolvido.

Estas situações corriqueiras pressupõem que de alguma forma o cérebro informa o sistema imune de sua situação. No entanto, a maneira como o cérebro o faz é ainda desconhecida. Obviamente, envolve a liberação e entrega de substâncias específicas, mas quais e como ainda são perguntas sem resposta.

Pesquisadores da Universidade de Virginia (EUA) relataram recentemente que é alta a probabilidade de que o sistema imunológico receba informação a partir do cérebro pelo sistema linfático. O sistema de vasos linfáticos não carrega sangue, mas sim linfa, e tem uma distribuição diferente da rede de vasos sanguíneos.

Se este tipo de achado puder ser replicado, as conclusões poderão ser relevantes, pois permitiriam que a relação entre o cérebro e o sistema imune seja estudada de uma maneira mais coerente e organizada. Isto poderia ter implicações em qualquer patologia, neurológica ou não, que tenha um componente imunológico, e poderia abrir novas avenidas para o tratamento das mesmas.

 

Felipe Cotrim/VEJA.com

 

Quem faz Letra de Médico

Adilson Costa, dermatologista
Adriana Vilarinho, dermatologista
Ana Claudia Arantes, geriatra
Antonio Carlos do Nascimento, endocrinologista
Antônio Frasson, mastologista
Artur Timerman, infectologista
Arthur Cukiert, neurologista
Ben-Hur Ferraz Neto, cirurgião
Bernardo Garicochea, oncologista
Claudia Cozer Kalil, endocrinologista
Claudio Lottenberg, oftalmologista
Daniel Magnoni, nutrólogo
David Uip, infectologista
Edson Borges, especialista em reprodução assistida
Fernando Maluf, oncologista
Freddy Eliaschewitz, endocrinologista
Jardis Volpi, dermatologista
José Alexandre Crippa, psiquiatra
Ludhmila Hajjar, intensivista
Luiz Rohde, psiquiatra
Luiz Kowalski, oncologista
Marcus Vinicius Bolivar Malachias, cardiologista
Marianne Pinotti, ginecologista
Mauro Fisberg, pediatra
Miguel Srougi, urologista
Paulo Hoff, oncologista
Paulo Zogaib, medico do esporte
Raul Cutait, cirurgião
Roberto Kalil, cardiologista
Ronaldo Laranjeira, psiquiatra
Salmo Raskin, geneticista
Sergio Podgaec, ginecologista
Sergio Simon, oncologista

Continua após a publicidade
Publicidade