Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Moro na chuva

Além de expor o ministro da Justiça, Bolsonaro ainda o obrigou a desmenti-lo

Desnecessária e, sobretudo, fruto da inexperiência, a exposição a que o presidente Jair Bolsonaro submeteu o ministro da Justiça, Sergio Moro, ao dizer que acertou com ele a indicação para o Supremo Tribunal Federal quando do convite para integrar o governo. Por mais que essa possibilidade estivesse implícita, até agora era apenas uma hipótese entre outras que envolvem o ex-juiz da Lava Jato, como uma possível candidatura à Presidência.

A declaração de Bolsonaro em entrevista ao jornalista Milton Neves colocou Moro numa situação difícil, pois enquadrou a indicação e aceitação numa moldura de toma lá dá cá absolutamente desconfortável para o ministro. Além disso, o colocou com contraproducente antecedência na condição de alvo de um Congresso (responsável último pela aprovação do nome do STF) em boa medida crítico à atuação judicante de Moro.

Bolsonaro não deixou alternativa ao ministro a não ser negar que tenha feito tal acordo por ocasião do convite para deixar a carreira de juiz e assumir o Ministério da Justiça. Ou seja, obrigou um subordinado a desmentir uma fala do presidente. Tudo errado: do começo, meio e fim.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Seria excelente para todo o mundo, inclusive para ele, se o Bolsonaro e filhos agissem mais e falassem menos. Todas as vezes que fazem algum pronunciamento esse governo se desestabiliza. E as pessoas ficam atônitas.

    Curtir

  2. André Liberdade de Expressão é meu direito CF Art Quinto

    Bolsonaro calado é um poeta!

    Curtir

  3. Luiz Pegorer

    Toma lá dá cá sempre foi o modus operandi deles. Dão até muito do que é nosso por uma fortuna comparativamente insignificante.

    Curtir