Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Augusto Nunes Por Coluna Com palavras e imagens, esta página tenta apressar a chegada do futuro que o Brasil espera deitado em berço esplêndido. E lembrar aos sem-memória o que não pode ser esquecido. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Inocência demitida

“Tenho muita tranquilidade. Em abril de 2012, eu não sabia que havia esse processo e retirei as pessoas envolvidas. Não tenho o que assumir na Petrobras, tenho de investigar”. Dilma Rousseff,  jurando que resolveu afastar os diretores gatunos da Petrobras por achar que eram inocentes.

Por Augusto Nunes Atualizado em 31 jul 2020, 02h50 - Publicado em 17 out 2014, 22h05

“Tenho muita tranquilidade. Em abril de 2012, eu não sabia que havia esse processo e retirei as pessoas envolvidas. Não tenho o que assumir na Petrobras, tenho de investigar”.

Dilma Rousseff,  jurando que resolveu afastar os diretores gatunos da Petrobras por achar que eram inocentes.

Publicidade