Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Como o governo dos incapazes capazes de tudo não vai mudar, o Brasil só sairá da crise se mudar urgentemente de governo

Em dezembro de 2013, o deputado federal Duarte Nogueira, do PSDB paulista, constatou que “nos governos do PT há os incapazes e os capazes de tudo”. Passados menos de dois anos, os dois tipos se fundiram: são incapazes capazes de tudo tanto Dilma Rousseff quanto os pais-da-pátria e mães-da-nação que compõem a comissão de frente […]

Em dezembro de 2013, o deputado federal Duarte Nogueira, do PSDB paulista, constatou que “nos governos do PT há os incapazes e os capazes de tudo”. Passados menos de dois anos, os dois tipos se fundiram: são incapazes capazes de tudo tanto Dilma Rousseff quanto os pais-da-pátria e mães-da-nação que compõem a comissão de frente do pior governo de todos os tempos.

Como constata o comentário de 1 minuto para o site de VEJA, só gente assim é capaz de jurar, sem ficar ruborizada, que não existe mais nada a cortar nos gastos públicos. Como assim? E o paquiderme ministerial com 38 tetas? E as 140 estatais, todas devastadas por esquemas corruptos semelhantes ao que superou a barreira do bilhão agindo na Petrobras? E a farra que sangra o Bolsa Família, codinome do maior programa oficial de compra de votos do mundo?

E as embaixadas sem serventia? E as comitivas presidenciais de matar de inveja um sheik da OPEP? E o colosso de cargos de confiança que transformou o petista desempregado numa espécie extinta? E a imensidão de dólares enterrados no exterior pelo BNDES? E o perdão das dívidas de países africanos explorados por ditadores companheiros? E a clemência criminosa que poupa de cobranças os caloteiros da Receita Federal, fora o resto?

Já que não há o que cortar, recita o coro dos cínicos, é preciso criar novos impostos e aumentar os existentes. Na quarta-feira passada, diante das insistentes tentativas de ampliar a obesidade da carga tributária obscena, um senador fez o perfeito resumo da ópera: “Ao governo, cabe abandonar o mantra obsessivo de mais e piores impostos e operar uma reforma profunda do Estado, reduzindo Ministérios, cargos comissionados, e revendo contratos. Agora é a hora da verdade. O governo não cabe mais no PIB brasileiro e precisa reavaliar todos os seus programas e conferir prioridade aos que devem ser mantidos”.

Não, quem disse isso não foi Aécio Neves ou qualquer outro senador da oposição. Foi, quem diria, Renan Calheiros. Por isso mesmo, faltou a conclusão essencial: como o governo não vai mudar, o Brasil só sairá da crise se mudar urgentemente de governo. Se a farsa que vai completando 13 anos não acabar, acaba o país. A menor distância entre a normalidade econômica e a falência é uma dilma.

http://videos.abril.com.br/veja/id/aaeb58fbb666452bbe7921aeff765c13?

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Arthur Tavares

    Só se fala na responsabilidade direta de Dilma. Porque Dilma ?
    Quem começou com esta política imbecil de gastos sem receitas ( Previdência para população Rural ); Desoneração de impostos (para os amigos do Rei ), empréstimos para países criminosos foi ele Lula. Quem colocou esta ANTA lá foi ele, Lula.
    A presidANTA nem sabe o que está fazendo lá.
    Este Brasil é consequência dele, absolutamente dele, o estúpido Lula

    Curtir

  2. Comentado por:

    nelson

    tá, mas, pergunto: quem irá colocar no lugar de dilma? o aécio?
    Qualquer um será muito melhor que o Lula e a Dilma.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Julio

    Caro Augusto Nunes. Por favor, é preciso que os mais lúcidos que possuem espaço na mídia escancarem e coloquem todas as maças podres na cesta. Mudar o governo não resolve!Veja os parlamentares tentando se isentar da responsabilidade (Congresso e Senado) depois de se submeterem e conluios com o executivo; isto ocorre até mesmo na relação do executivo com o judiciário. Houve quebra constitucional da independência dos poderes e ninguem fala nada. Nova base jurídica tem que ser criada e explicitada.Tem que haver indendência total do Judiciário, sem o executivo interferir nas nomeações do STF. Tem que ser implantado o parlamentarismo com voto distrital. A base de campanhas políticas tem que ser o curriculum completo publicado pelo Tribunal Eleitoral, e acessível aos eleitores. A primeira coisa que o Brasil tem que fazer é criminalizar todos os envolvidos nos 3 poderes e nas estatais e depois sim pensar em novo modelo de governo. O buraco tem que ser cavado mais fundo… infelizmente! Julio Souza

    Curtir

  4. Comentado por:

    armindo

    KKKKKKKKKK

    Curtir

  5. Comentado por:

    José Helio da Silva

    Incrível, ninguém foi capaz de observar, 50.000.000 de votos a favor mas, 50.000.000 de votos contra, a diferença elegeu a presidente, então nunca existiu golpe, apenas a vontade e necessidade de mudar, Primeiro o assalto aos cofres públicos, segundo o desrespeito para com a população em geral, terceiro com a intenção clara de transferir, bens e patrimônios privados para seus participes, nossos deputados, nos envergonham, não sabem o que julgam, são ridículos, ao dizer por isto, aquilo, mãe, pai, e outros, quando deveriam dizer, pelo minha cidade, meu estado e pelo Brasil. Acho que não preciso dizer mais nada.

    Curtir