Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

STJ manda soltar Carlos Arthur Nuzman

Ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro estava preso por suspeita de comprar votos para a escolha do Rio como sede da Olimpíada 2016

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h28 - Publicado em 19 out 2017, 18h19

O Superior Tribunal de Justiça mandou soltar o ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro Carlos Arthur Nuzman nesta quinta-feira. Ele estava preso desde o início do mês, no âmbito da operação Unfair Play.

A Corte substituiu a prisão preventiva por medidas cautelares, como a proibição de sair do país, de ter contato com outros investigados e a entrega do passaporte. Ontem, o Ministério Público Federal denunciou Nuzman, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e outras quatro pessoas. Eles são acusados de comprar votos para eleger o Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016.

  • Publicidade