Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

STF libera sátiras e críticas a candidatos

Regra surgiu em 2009 com uma mudança na lei eleitoral, mas estava suspensa desde 2010

Por Da Redação 21 jun 2018, 19h28

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, por unanimidade, nesta quinta-feira, que veículos de comunicação podem fazer sátiras e montagens com candidatos e também emitir opiniões contrárias ou favoráveis a eles e aos partidos que integram. Os ministros entenderam que a proibição contraria o princípio de liberdade de expressão.

A regra surgiu em 2009, numa mudança da lei eleitoral, mas está suspensa desde 2010, por decisão do ministro, hoje aposentado, Ayres Britto. O resultado do julgamento desta quinta é definitivo.

  • Publicidade