Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Marco Aurélio determina quebra de sigilo fiscal de Aécio e irmã

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) determinou as quebras de sigilo bancário de Aécio Neves e seus familiares investigados

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h16 - Publicado em 7 dez 2017, 18h44

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a quebra de sigilo bancário e fiscal do senador Aécio Neves (PMDB-MG) e de sua irmã, Andrea Neves, seu primo, Frederico Pacheco, e ex-assessor Mendherson Souza desde janeiro de 2014. Todos investigados no âmbito da delação premiada do empresário Joesley Batista.

Antes dessa decisão, o ministro liberou Andrea, Pacheco e Souza da prisão domiciliar e do uso de tornozeleira eletrônica. Segundo ele, a quebra de sigilos tem como objetivo rastrear a origem e do destino dos recursos supostamente ilícitos.

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)