Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Giro Veja: O novo encontro entre Bolsonaro e Mauricio Macri

Parceria entre presidentes foi destacada durante discurso

Por Da Redação - 6 jun 2019, 17h39

O presidente Jair Bolsonaro chegou na Argentina nesta quinta-feira e se encontrou com o presidente do país, Mauricio Macri, na Casa Rosada, a sede da presidência da república, localizada em Buenos Aires. Durante o discurso, que aconteceu após a reunião entre os líderes, eles criticaram a Venezuela, sob o comando de Nicolás Maduro: “Toda a América está preocupada para que não tenhamos novas Venezuelas na região”, declarou Bolsonaro. O brasileiro chamou Macri de “irmão” e afirmou que ambos possuem “praticamente” os mesmos ideais.

Sem citar nomes, Bolsonaro comentou sobre as eleições argentinas, que acontecem em outubro deste ano. “Todos tem que ter, assim como no Brasil grande parte teve, muita responsabilidade, muita razão e menos emoção para decidir o futuro desse país maravilhoso que é a Argentina”, ressaltou o presidente. Durante uma viagem aos Estados Unidos, Bolsonaro afirmou que não apoiará a candidatura da ex-presidente argentina Cristina Kirchner. Macri também tenta se reeleger.

 

Brasil e Argentina assinaram um acordo na área energética, que não foi detalhado. Bolsonaro volta na manhã desta sexta-feira para Brasília.

Publicidade