Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Carta ao Leitor com Da Redação

Carta ao Leitor: Marcas que ficam

Um ano depois, a facada em Bolsonaro segue tendo efeitos tanto físicos quanto no plano das conspirações

access_time 6 set 2019, 14h57 - Publicado em 6 set 2019, 13h06

No dia 6 de setembro de 2018, como já ocorrera em tantas outras cidades durante a campanha presidencial, Jair Bolsonaro, do PSL, desfilava em Juiz de Fora (MG), carregado nos ombros por seus apoiadores. Misturado à multidão que aplaudia o então candidato, o desempregado Adélio Bispo de Oliveira aproximou-­se dele e desferiu-lhe uma facada na altura da barriga. Com o intestino grosso e o delgado perfurados, Bolsonaro perdeu 2,5 litros de sangue e passou por duas cirurgias de emergência — escapando da morte por pouco e praticamente encerrando ali sua participação na campanha.

Um ano depois, a fatídica facada segue provocando efeitos — tanto físicos como no terreno da teoria das conspirações. Neste domingo, 8, o presidente se interna para submeter-se a mais uma cirurgia. Desta vez, para a correção de uma hérnia originada a partir da perfuração na barriga. No plano político, a facada ainda gera muitas controvérsias. Nesta edição, que marca a primeira efeméride do episódio, VEJA relembra as circunstâncias da tentativa de assassinato, suas consequências, e apresenta novidades: mostra detalhes inéditos sobre a cirurgia pela qual o presidente passou, traz uma entrevista exclusiva com seu médico e revela a vontade de Bolsonaro de estar frente a frente com Adélio Bispo para lhe cobrar explicações.

Assim como o suicídio de Getúlio, o atentado a faca sofrido por Bolsonaro, embora não tenha terminado em morte, continua influenciando a cena política atual. E, pelo visto, deve assombrar o debate eleitoral por algum tempo.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s