Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Vídeo: hacker conversa com criança após invadir câmera da Amazon

Dispositivo da marca Ring, de propriedade da gigante varejista, foi comprado por família americana com a intenção de acompanhar a rotina das filhas

Por Da Redação - Atualizado em 11 dez 2019, 18h11 - Publicado em 11 dez 2019, 17h52

Uma gravação feita por meio de uma câmera de vigilância da empresa Ring, de propriedade da Amazon, divulgado nesta quarta-feira (11), mostra uma cena assustadora vinda de dentro do quarto de uma criança, no condado de Desoto, nos Estados Unidos.

Um dos dispositivos de segurança utilizados pela família LeMay, comprado para acompanhar a rotina das três filhas, foi hackeado enquanto os pais das crianças estavam fora de casa. A invasão ocorreu no 4º dia de uso da câmera, e permitiu que um homem desconhecido pudesse ver e conversar com uma das crianças que brincava no quarto. Confira no vídeo.

“Eu estava no quarto quando percebi que alguém disse algo. Pensei que fosse minha irmã, porque ouvi uma música tocar”, disse Alyssa LeMay, para o jornal americano WMC. Quando os pais reproduziram a gravação de vídeo da câmera Ring, viram a cena alarmante em que Alyssa ouvia a voz de um homem dizendo ser o Papai Noel e que gostaria de ser seu melhor amigo.

A família diz que não havia configurado a autenticação de dois fatores da câmera, função que teria adicionado uma barreira de proteção extra contra possíveis hackers. A família tomou outras precauções de segurança desde o incidente, incluindo a configuração do Wi-Fi para que o sinal não ficasse mais disponível a desconhecidos. Também contataram a fabricante do dispositivo, que informou que investigaria como ocorreu a invasão. Afinal, no caso, as óbvias vítimas foram as crianças da família, assim como é inegável o crime cometido pelo hacker, assim como é evidente a culpa da marca pela falha de segurança.

Publicidade