Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Apple é condenada em caso de patente e terá que pagar US$ 625 milhões

A empresa usou sem permissão sistema licenciado da empresa de segurança digital VirnetX em alguns de seus aplicativos

A Apple foi condenada pela justiça americana a pagar 625 milhões de dólares por usar sem permissão uma patente da empresa de segurança digital VirnetX, referente a uma tecnologia utilizada em seus aplicativos FaceTime e iMessage. A decisão foi determinada na noite desta quarta-feira por um júri federal em um tribunal no Texas, nos Estados Unidos.

A sentença é maior do que os 532 milhões de dólares que a VirnetX solicitou antes do início do julgamento em 25 de janeiro. O júri disse que as infrações da Apple foram intencionais. A Apple, em comunicado oficial, se pronunciou sobre o caso. “Estamos surpresos e decepcionados com o veredicto”, disse a companhia. “Casos como este simplesmente reforçam a necessidade de uma reforma das patentes.”

Também nesta quarta-feira, após a decisão, a Apple deu entrada em um recurso pedindo ao juíz do distrito Robert Schroeder a anulação do julgamento, alegando que os advogados da VirnetX induziram o júri ao erro durante os argumentos finais da sessão no tribunal. Schroeder ainda não respondeu ao pedido da gigante do Vale do Silício.

A VirnetX, companhia sediada em Nevada, nos Estados Unidos, extrai quase toda sua receita de patentes licenciadas. Ela processou a Apple pela primeira vez em 2010 pelo uso de redes de segurança, conhecidas como redes virtuais privadas, no aplicativo de videoconferência da Apple FaceTime.

Leia também:

Entrada de dólar no país supera saída em US$ 1,475 bi em janeiro

Por que a Apple está vendendo menos iPhones do que previa? Porque ele é muito caro

(Com Reuters)