Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fibras do brócolis e da banana ajudam a combater inflamação intestinal

Cientistas acreditam que os alimentos auxiliam no controle da bactéria E. coli

As fibras solúveis encontradas no brócolis e também na banana podem se tornar uma solução prática e saudável para pacientes que sofrem da Doença de Crohn. Pelo menos é que o dizem os cientistas britânicos da Universidade de Liverpool. Eles acreditam que essas fibras podem evitar que determinadas bactérias, como as da família E. coli, se fixem nas paredes intestinais – um caminho para evitar o progresso da doença.

Mas não se sabe ainda qual a quantia necessária que deve ser ingerida. “Hoje, os pacientes teriam de comer, no mínimo, uma plantação inteira de brócolis por dia”, afirma o gastroenterologista Jonathan Rhodes, líder do estudo. As bananas, que apresentam uma concentração menor da fibra, teriam de ser ingeridas em uma escala ainda maior, o que seria inviável.

“Ainda assim, seria recomendável que pacientes com a doença tomassem suplementos diários dessas fibras”, diz Rhodes. Os pesquisadores trabalham agora para encontrar a quantia exata a fim de seguir para o próximo passo: a concentração em cápsulas da substância. Enquanto isso, eles já apontam para um caminho mais prático para pacientes com Crohn. “Uma dieta com alimentos variados pode influenciar diretamente na maneira como o intestino combate a E. coli”, afirma Barry Campbell, um dos cientista que participam do estudo.

Crohn – A doença, que afeta apenas uma a cada 1.000 pessoas, é mais comum em países em desenvolvimento, por causa da baixa ingestão diária de fibras. Ela se caracteriza por inflamações locais que causam diarreia, vômito e perda de peso.