Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: Anvisa aprova fábrica da vacina Covaxin

Aval ocorre após inspeção anterior da agência detectar inconformidades na produtora de antígenos; problemas foram solucionados

Por Mariana Rosário 9 jun 2021, 13h52

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou nesta quarta-feira, 9, que concedeu a  Certificação de Boas Práticas de Fabricação (CBPF) da empresa Bharat Biotech, na Índia. A empresa produz a matéria-prima, o chamado Insumo  Farmacêutico Ativo (IFA) e finaliza a vacina Covaxin. 

Em nota, a agência informou que a  “CBPF, com validade de dois anos, foi emitida depois que a empresa realizou os ajustes relacionados às não conformidades detectadas na inspeção realizada por técnicos da Agência no período de 1º a 5 de março deste ano”.  

No mesmo documento, a Anvisa esclareceu que o processo de importação excepcional ocorrido na última sexta-feira é diferente do aval de hoje. Também afirmou que a atual autorização, desta quarta, não é pré-requisito para aprovação emergencial da vacina, mas sim para o pedido de registro — como se chama a autorização total concedida pela agência. 

A vacina Covaxin foi comprada pelo Ministério da Saúde e, de acordo com a decisão mais recente da Anvisa, poderá chegar aos braços de 1% dos brasileiros, caso cumpra uma série de exigências específicas fixadas pela reguladora brasileira.

Continua após a publicidade
Publicidade