Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coronavírus: quanto custará o tratamento com remdesivir

Laboratório Gilead anunciou preço para venda do medicamento a entidades governamentais

Por Da Redação - 30 Jun 2020, 17h47

A Gilead Sciences, laboratório responsável pelo desenvolvimento do medicamento antiviral remdesivir, anunciou na segunda-feira, 29, os valores a serem praticados para doses da droga nos Estados Unidos. De acordo com um comunicado da empresa, o fármaco terá o custo de 390 dólares por frasco, algo em torno de 2 119 reais na cotação atual.

ASSINE VEJA

Wassef: ‘Fiz para proteger o presidente’ Leia nesta edição: entrevista exclusiva com o advogado que escondeu Fabrício Queiroz, a estabilização no número de mortes por Covid-19 no Brasil e os novos caminhos para a educação
Clique e Assine

Considerando os padrões atuais, é esperado que a maioria dos pacientes receba um tratamento ministrado em cinco dias, onde serão utilizados seis frascos do produto injetável, o que totalizaria 2340 dólares (12.716 reais, na cotação atual). Este valor aplica-se a entidades governamentais. Para venda em outros canais e para o seguro particular estadunidense, o preço deve ficar em aproximadamente 520 dólares por dose, 3120 dólares para todo o tratamento.

LEIA TAMBÉM
Coronavírus: o que sabemos sobre a cloroquina em crianças e gestantes

O comunicado ressalta que a empresa reduziu o valor a um nível acessível para países desenvolvidos, incluindo os Estados Unidos, onde a droga é estudada. Em relação aos países em desenvolvimento, a Gilead diz que fará parcerias com empresas de medicamentos genéricos para oferecer o produto a um custo mais baixos. “Essas soluções alternativas são projetadas para garantir que todos os países do mundo possam fornecer acesso ao tratamento”, diz o comunicado.

O remdesivir está na vanguarda da luta contra o novo coronavírus desde que a droga ajudou a reduzir o tempo de recuperação hospitalar em um ensaio clínico com pacientes graves.

Publicidade