Anvisa proíbe venda de lentes de contato coloridas

Produto da empresa Nipon Cosplay não tinha registro. Especialistas advertem que qualquer lente de contato só deve ser usada após avaliação médica

Por da Redação - Atualizado em 24 abr 2018, 18h43 - Publicado em 24 abr 2018, 17h37

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a venda e o uso das lentes de contato coloridas Nipon Cosplay em todo o país.

As lentes eram vendidas pela internet pela empresa Karine Soares Silva Cosplay – ME ( Nipon Cosplay), para uso estético e para composição de fantasias, principalmente entre os chamados cosplayers, jovens fantasiados como personagens de jogos eletrônicos ou de mangás japoneses. A proibição foi publicada na última quinta-feira, 19, no Diário Oficial da União (DOU).

A Anvisa determinou a proibição após a comprovação de que os produtos eram divulgados e comercializados sem cadastro ou registro. Ainda de acordo com a agência reguladora, a empresa também não tinha autorização de funcionamento.

O produto, com duração de 1 ano, segue à venda, no entanto — até o fechamento deste texto, na terça-feira 24 — no site da empresa por R$ 90 reais.

Publicidade

De acordo com a Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria, há pelo menos 17 empresas com registro de fabricação de lentes de contato coloridas no Brasil.

Especialistas advertem que qualquer lente de contato — inclusive as estéticas, para mudar a cor dos olhos — só deve ser usada após avaliação médica. Lentes mal adaptadas podem causar cicatriz e úlcera na córnea.

A reportagem tentou contato com a direção da empresa, mas não obteve resposta.

Publicidade