Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

TSE suspende propaganda que acusa Lula de incentivar aborto

Ministra concluiu que a peça veiculada pela campanha de Bolsonaro propaga desinformação

Por Da Redação
Atualizado em 15 out 2022, 14h25 - Publicado em 15 out 2022, 14h22

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) suspendeu nesta sexta-feira, 14, a propaganda eleitoral do presidente Jair Bolsonaro que acusa o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de incentivar o aborto. A ministra Cármen Lúcia acatou o pedido da campanha do petista e afirmou que a peça propaga desinformação.

A propaganda de Bolsonaro, veiculada na televisão nesta semana, diz que Lula quer “mudar a lei e incentivar a mãe a matar o filho no seu próprio ventre”. O ex-presidente já declarou ser contra a legalização do aborto e afirmou que o tema deve ser tratado como uma questão de saúde pública.

Na decisão, a ministra ressaltou que o conteúdo da propaganda eleitoral distorce os fatos, foi produzido para desinformar e atingir a honra do candidato adversário. “Também a declaração de que o candidato quer ‘incentivar a mãe a matar o próprio filho no seu próprio ventre’ constitui indevida descontextualização e adulteração grosseira do sentido de falas proferidas por ele em relação ao tema”, declarou. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.