Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rio, São Paulo e outras cidades têm panelaço durante fala de Bolsonaro

Presidente fez pronunciamento na TV para falar sobre a Amazônia; foram registrados protestos em bairros como Ipanema, Copacabana e centro de São Paulo

Vários locais do país registraram panelaço durante o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro em cadeia nacional de rádio e TV, às 20h30, sobre as queimadas e o desmatamento na Amazônia, que se tornaram uma crise internacional, com críticas e ameaças de boicote a produtos brasileiros vindas de países como França, Alemanha e Grã-Bretanha.

Nas redes sociais, foram registrados panelaços na região da Avenida Paulista, Vila Mariana, Santa Cecília, Vila Madalena, Vila Maria e  centro de São Paulo. No Rio, houve protestos desse tipo em Ipanema, Barra da Tijuca, Copacabana e Niterói. Também foram registradas manifestações em Brasília, Belo Horizonte, Recife e Porto Alegre.

Nas redes sociais, foram registrados panelaços na região da Avenida Paulista, na Vila Mariana, na Bela Vista, em Santa Cecília, na Vila Maria e no centro de São Paulo. No Rio, houve protestos desse tipo em Ipanema, Tijuca, Copacabana e Niterói. Também foram registradas manifestações em Belo Horizonte e Brasília.

O panelaço se tornou uma forma célebre de protesto durante a crise que levou ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. A convocação do panelaço – logo após o Palácio do Planalto divulgar que Bolsonaro falaria às 20h30 – virou um dos assuntos mais comentados do Twitter.