Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Propina devida ao PT foi discutida com Lula, diz delator

Ex-presidente decidiu que partido deveria ficar com dois terços da propina paga pela Odebrecht em contratos de sondas do pré-sal

Os delatores da Odebrecht revelaram aos investigadores da Operação Lava-Jato que o próprio ex-presidente Lula discutia com os executivos da empresa os termos da divisão da propina que deveria ser paga em contratos bilionários de navios-sonda da Sete Brasil. Segundo o executivo Márcio Faria, quando o consórcio formado por Odebrecht, OAS e UTC venceu a licitação para fornecer sondas de extração de petróleo na camada pré-sal, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco procurou as empreiteiras para exigir que elas realizassem o pagamento de 1% do valor dos contratos firmados na ocasião.

Depois de receberem o alerta, os executivos da empreiteira contam que a divisão da propina foi “decidida pelo partido e pelo ex-presidente Lula”. Na versão dos delatores, um terço dos valores deveria ficar com fucionários da Petrobras que realizavam as operações e acobertavam as fraudes nos contratos. Já os dois terços restantes seguiriam para o PT. Embora o ex-presidente Lula tenha sido consultado sobre os valores da propina, os delatores revelam que Marcelo Odebrecht vetou o pagamento.

“Marcelo Odebrecht esclareceu que a negativa de pagamento deveu-se a compreensão de que os valores solicitados por Antonio Palocci e João Vaccari já estariam no valor global acertado com o ex-ministro de Estado”, anotou o ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal, na decisão em que remeteu as provas e os depoimentos aos procuradores da Lava-Jato no Paraná. Como não tem mais foro, o ex-presidente Lula está sendo julgado pelo juiz Sergio Moro, em Curitiba.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. País sub-desenvolvido é isto, a república é disfarce, os ditos três poderes só existem e os cidadãos são alienados propositalmente para uso como massa de manobra. Resultado: corrupção, atraso e submissão ideológica.
    Nova república já com novas lideranças, novas leis, competência, saber, mérito, tolerância zero e justiça de olhos vendados.

    Curtir

  2. Está tudo dominado,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,não há mais salvação pelos meios democráticos………….
    FFAA…………….JÁ. Prender todos políticos corruptos e ….dar um “sumiço”. Única solução.

    Curtir

  3. Reinaldo Favoreto

    novas leis, nova lideranças…com brasileiro? o Raul é que estava certo , tem que alugar ou vender o Brasil pros EUA, lá sim tem gente decente.

    Curtir

  4. José Carlos Lopes de Oliveira

    Falou do Lulla é censurado. Essa VEJA é a essência mais pura da falta de vergonha na cara da imprensa brasileira.

    Curtir

  5. Não foi ditado, se com nacionais ou não. A constituição prevê a intervenção das Forças Armadas em caso de caos institucional. Não sei o que estão esperando. Se for o caso, importa-se políticos e gestores para a gestão da nova república, pois pior do que está, não fica.Patriotas, brasilidade, auto-estima, saber, e qualidades afins, ficaram para trás ou nunca existiram, pois, se existissem de fato, esta nojeira e podridão jamais estariam no poder.

    Curtir

  6. Wilson A. Zamignani

    #ENDIREITABRASIL – LULA CANCER DO BRASIL

    Curtir

  7. Social Democrata Nem Direita Nem Esquerda

    E se for candidato, ganha! Não gosto dele e nem do PT, mas vocês da direita burra e da esquerda idiota, trouxeram ele de volta com tanta publicidade. Ele é esperto, não o subestimem jamais.

    Curtir

  8. Uai!, o Lula não disse que era o homem mais honesto desse país?!

    Curtir

  9. Floriano Barros

    Essa é a alma mais honesta do Brasil, até o irmão recebia um PIXULECO por fora, já passou da hora de colocar esse vagabundo na cadeia.

    Curtir