Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Lula passa bem, informa boletim médico

Amigo pessoal de Lula, Paulo Okamotto, presidente do instituto que leva o nome do ex-presidente, esteve no hospital na tarde desta segunda-feira

O boletim médico divulgado pelo Hospital Sirio-Libanês pouco antes das 19 horas desta segunda-feira, informou que o ex-presidente Lula, internado para dar sequência ao tratamento de quimioterapia contra um câncer na laringe, passa bem. De acordo com a equipe médica, a sessão aconteceu “sem nenhuma intercorrência”.

Mesmo em tratamento, o ex-presidente vem mantendo conversas regulares com membros do governo federal e dirigentes do PT. A informação é do presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, que visitou o ex-presidente na tarde desta segunda-feira no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. “Ele está inteirado e presente no cenário político brasileiro”, afirmou Okamotto.

Lula está bem-humorado e feliz pela vitória do Corinthians sobre o Atlético-MG, ocorrida no jogo deste domingo pelo Campeonato Brasileiro, contou Okamotto. Segundo ele, o ex-presidente avisou que está confiante na performance do time paulista e acredita que o Corinthians será o campeão do torneio.

Okamotto afirmou que Lula vem recebendo muitas mensagens de apoio, tanto de políticos quanto da população, com dicas de alimentação e orações. “Há fábricas que param na hora do almoço para orar pela saúde dele”, relatou. De acordo com Okamotto, até o momento, Lula não tem nenhum compromisso público previsto na agenda. “Primeiro, ele vai tratar da saúde”. Na tarde desta segunda-feira, o ex-presidente iniciou o segundo ciclo de quimioterapia que faz parte do tratamento contra o câncer diagnosticado em outubro.

Antes da quimioterapia, Lula foi submetido a exames clínicos e almoçou. O cardápio incluiu bife, arroz, salada, purê de batatas e gelatina. A previsão da equipe médica é de que ele durma no hospital e receba alta amanhã à tarde, quando deverá retornar para o apartamento em São Bernardo do Campo (SP). O ex-presidente está internado no mesmo quarto onde esteve o ex-vice-presidente José Alencar, que travou uma longa batalha contra um câncer no abdômen e morreu em março deste ano.

Nas últimas semanas, Lula permaneceu em seu apartamento, onde recebeu autoridades e amigos. Nos próximos dias, a equipe médica pretende insistir na possibilidade de Lula voltar a levar uma rotina normal, inclusive despachando na sede do Instituto Lula, no centro de São Paulo.

A presidente Dilma Rousseff, segundo os médicos, costuma telefonar com frequência para o hospital, interessada em saber sobre o estado de saúde de Lula. Pela manhã, o ex-presidente também recebeu a visita do ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho. Ainda hoje, Lula deverá receber o ex-ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. Um boletim médico será divulgado no fim desta tarde, com novas informações.

(Com Agência Estado)

LEIA TAMBÉM:

Em tratamento contra câncer, Lula recebe visita e presente de Mano

Saiba mais

Saiba mais sobre o câncer que atingiu o ex-presidente Lula

Tumor de Lula é de média agressividade, dizem médicos