Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Joaquim Levy conversou com Paulo Guedes sobre demissão

Presidente do BNDES pediu o desligamento após ser alvo de críticas de Bolsonaro

O ministro da Economia, Paulo Guedes, conversou neste domingo, 16, com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, sobre seu pedido de desligamento da instituição. Segundo uma fonte, a conversa entre ambos foi cordial e “houve muita concordância”.

Levy entregou seu pedido de demissão do cargo ao ministro após ser alvo de críticas por parte de Jair Bolsonaro. Neste sábado 15, o presidente declarou que o executivo estava “com a cabeça a prêmio há algum tempo”, em função da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do banco de fomento.

“Levy nomeou Marcos Pinto para função no BNDES. Já estou por aqui com o Levy”, disse Bolsonaro. “Falei para ele: ‘(Levy) demite esse cara na segunda ou eu demito você sem passar pelo Guedes’.”

Barbosa Pinto trabalhou como assessor do BNDES durante o governo PT, de 2005 a 2007, o que causou o descontentamento do presidente. No entanto, o próprio Levy foi ministro da Fazenda de Dilma Rousseff.

Em mensagem divulgada na manhã deste domingo, Levy confirmou que entregou seu pedido de demissão do BNDES ao ministro da Economia. “Minha expectativa é que ele aceda. Agradeço ao ministro o convite para servir ao país e desejo sucesso nas reformas”, escreveu.