Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Fora do palco principal, Zambelli participa de ato em ‘cercadinho’

Parlamentar está afastada do núcleo mais próximo do ex-presidente depois de várias confusões e polêmicas

Por Da Redação Atualizado em 7 Maio 2024, 17h00 - Publicado em 25 fev 2024, 15h50

Uma das mais fiéis aliadas de Jair Bolsonaro, a deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) não está ao lado do ex-presidente na manifestação da direita que ocorre neste domingo, 25, em São Paulo. Enquanto outros bolsonaristas participam diretamente em cima do trio elétrico, a parlamentar marca presença em um “cercadinho” na lateral da Avenida Paulista.

Desde que o evento foi anunciado, Zambelli trabalhou em peso para movimentar o eleitorado bolsonarista nas redes sociais e incentivar a presença de apoiadores do ex-presidente na manifestação. A imagem da deputada, porém, está bastante queimada no entorno de Bolsonaro pelo menos desde 2022, quando empunhou um revólver e perseguiu um apoiador do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelas ruas de São Paulo no dia do segundo turno das eleições – o engajamento massivo na internet não tem sido suficiente para restaurar o posto da parlamentar na cúpula do bolsonarismo.

Zambelli ficou ainda mais isolada do núcleo bolsonarista ao longo do ano passado, quando vieram à tona as denúncias de que ela conspirou com Walter Delgatti Neto – popularmente conhecido como “hacker da Vaza Jato” – para invadir sistemas digitais do Poder Judiciário e adulterar documentos envolvendo o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Os dois ainda estariam envolvidos, com aval de Bolsonaro, em esquemas para descredibilizar a segurança cibernética das urnas eletrônicas.

Outros parlamentares e aliados bolsonaristas de primeira hora, por sua vez, mantêm seu posto ao lado do ex-presidente. Horas antes da manifestação deste domingo, Jair Bolsonaro se reuniu com os senadores Rogério Marinho (PL-RN) e Marcos Pontes (PL-SP), além dos governadores de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), Minas Gerais, Romeu Zema (Novo) e de Santa Catarina, Jorginho Mello (PL), no Palácio dos Bandeirantes.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.