Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsonaro posta vídeo de ato obsceno e o associa a blocos de Carnaval

Presidente foi alvo de ironias e xingamentos de foliões pelas ruas do país

O presidente Jair Bolsonaro compartilhou um vídeo obsceno em sua conta oficial no Twitter . Nas imagens, postadas na noite desta terça-feira, 5, um homem, com as nádegas à mostra, aparece introduzindo o dedo no próprio ânus. Na sequência, ele se agacha para que outro rapaz urine na sua cabeça.

O presidente declara que não se “sente confortável” em mostrar o conteúdo, mas diz que “é isto que tem virado muitos blocos de rua no carnaval brasileiro”. “Comentem e tirem suas conslusões (sic)”, finaliza Bolsonaro.

A postagem pode ter sido motivada pelas críticas direcionadas ao presidente no Carnaval 2019 – um dos mais políticos dos últimos anos. Em blocos nas ruas de diversas cidades, Bolsonaro foi xingado e fantasias laranjas em referência ao caso Queiroz fizeram sucesso. Na Sapucaí, a escola Paraíso do Tuiuti ironizou falas do político. E em Olinda, o boneco representando o governante foi hostilizado por foliões.

Também na terça, Bolsonaro publicou um vídeo com ironias sobre arrecadações via Lei Rouanet após postagem de clipe Proibido o Carnaval, no qual Caetano Veloso e Daniela Mercury cantam sobre liberdade sexual e criticam eventual censura durante o Carnaval.

Hashtag sobre impeachment

Após a postagem do vídeo com conteúdo obsceno na noite de segunda-feira, diversos internautas disseram ter denunciado a postagem do presidente como conteúdo impróprio ao Twitter e a hashtag “#ImpeachmentBolsonaro” chegou ao topo dos Trending Topics durante a madrugada.

Paula Lavigne, mulher do músico Caetano Veloso, foi uma das pessoas que defenderam a abertura de processo de impeachment por um ato “incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”. Outros usuários afirmaram que a proposta é infundada, por se tratar de uma conta pessoal do presidente nas redes sociais.

Veja alguns tuítes que repercutiram o vídeo:

 

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Paulo Bandarra

    Desde quando bunda é tabú no país do fio dental?

    Curtir

  2. Otavio Tallarico

    Esta imprensa é muito kana’lha…. Uma postagem do Bolsonaro (particlarmente eu achei que foi muito infeliz) a imprensa toda o coloca na cruz. Agora o Post do Bolsonaro agradecendo o Carnaval de Olinda, ninguém comenta…. mas tudo bem, eu entendo que o repasse federal para a imprensa acabou e este povinho agora está urrando de medo de perderem os seus empregos fáceis.

    Curtir

  3. Lyca Violini

    Bolsonaro está certíssimo e por mim ele deveria é acabar com esse Carnaval que virou sinônimo de desrespeito a si mesmo, ao próximo e à DEUS. Carnaval deveria ser desfiles em sambódromos, bailes em clubes e esses bloquinhos são uma bagunça porque não tem como separar os bons e os maus e infelizmente os maus deturpam tudo, causam desordem, sujeira, roubo, oportunismo para tirar proveito do outro. Se não sabe brincar acabe com a brincadeira. E esse povo que é contra o Bolsonaro é porque não tem noção do que é ser humano. SER humano ok?

    Curtir

  4. José Carlos Fagundes

    Concordo que o presidente não foi feliz no seu e-mail. A liturgia do cargo não lhe recomenda assim proceder. Mas também acho que estão valorizando demais o assunto. Vê-se, claramente, que há uma intenção enorme em manchar a imagem do presidente. Entendo que não é pauta de tanta relevância. Lamento que imprensa tenha caído de pau acintosamente no presidente e foram raros, raríssimos, os comentários a respeito da falta de educação dos cidadãos que proveram aquela cena lamentável.

    Curtir